Vasco Fernandes (Grão Vasco)

Principal vulto da pintura portuguesa do século XVI, Vasco Fernandes teria nascido em Viseu por volta de 1480. Entre 1506 e 1511 executou o retábulo da Sé de Lamego, inspirado pela escola flamenga. A este período pertenceria também O S. Tiago e duas tábuas de Besteiros. Trabalhou na oficina de Jorge Afonso, em Lisboa, em 1514. Cerca de 1520 realizou o retábulo da igreja matriz de Freixo de Espada-à-Cinta, que representa uma obra de transição para a arte mais pessoal dos Pentecostes de Coimbra e dos retábulos da Sé de Viseu: S. Sebastião, O Batismo de Cristo, O Pentecostes, O Calvário e S. Pedro. Neste trabalho está presente a influência renascentista, mas também o dramatismo e o poder criador característicos de Grão Vasco. São-lhe ainda atribuídas outras pinturas: Santa Luzia (Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto), A Ceia (Museu Grão Vasco em Viseu), A Assunção da Virgem (Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa).
Como referenciar: Vasco Fernandes (Grão Vasco) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-24 18:49:18]. Disponível na Internet: