Viana de Lima

Arquiteto português, Alfredo Evangelista Viana de Lima nasceu em 1913, em Esposende, e morreu em 1991, no Porto. Formado pela Escola de Belas-Artes do Porto, foi professor desta mesma escola entre 1961 e 1983 e desde esta data professor da Escola de Belas Artes de Lisboa. Participou em todos os CIAM (congressos internacionais dos arquitetos modernos, tutelados pelo arquiteto Le Corbusier) a partir de 1951 e até ao fim destes (1959). Em 1939, projeta a casa da Rua Honório Lima utilizando uma linguagem modernista fortemente influenciada por Le Corbusier e demonstrando uma atitude inovadora numa época de estagnação artística fomentada pelo regime. Esta ligação a Le Corbusier permanecerá ao longo da sua vida proporcionando exemplos de grande qualidade como a casa na Av. Brasil, Porto (1950) ou a casa na Rua Tristão da Cunha, Porto (1951), sendo visível ainda no projeto da Faculdade de Economia do Porto (concluída em 1972, quando este estilo se encontrava já em desuso).
A partir década de 60, como consultor da UNESCO e da Fundação Gulbenkian, desenvolve importantes trabalhos de preservação e restauro de monumentos portugueses espalhados pelo Mundo.
Na data da sua morte encontrava-se a trabalhar no restauro da torre de menagem de Arzila, em Marrocos.
Como referenciar: Viana de Lima in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-17 23:44:38]. Disponível na Internet: