vibrante

Tipo de consoante definida em relação ao seu modo de articulação. A articulação das vibrantes implica um órgão articulador móvel (que pode ser a lâmina da língua ou a úvula) que executa uma (se for uma vibrante simples) ou várias (se for uma vibrante múltipla) oclusões rápidas separadas momentos vocálicos (ou ondas periódicas), uma vez que são vozeadas.
As vibrantes em português podem ser de três tipos:

- vibrante anterior ápico-dental simples - [r] (ex: <querido>) - vibrante anterior ápico-dental múltipla (variante livre, alofone de /R/) - [r#] (ex: <rua>, <arrendar>)
- vibrante posterior uvular múltipla [R] (ex: <rua>, <arrendar>)

O uso da vibrante ápico-dental múltipla tem regredido em português, à semelhança do que tem acontecido em outras línguas europeias (como no francês e no holandês), em detrimento da vibrante uvular múltipla, ou "r" francês, fenómeno que foi desencadeado pelas classes altas das cidades e que desde os finais do século XIX se tem estendido a todas as variantes socio-dialetais.
Como referenciar: vibrante in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 01:32:07]. Disponível na Internet: