Vieira do Minho

Aspetos Geográficos
O concelho de Vieira do Minho, do distrito de Braga, localiza-se na Região Norte (NUT II), no Ave (NUT III). Situa-se a sul do Parque Nacional da Peneda-Gerês e a este-nordeste da cidade de Braga. É limitado a norte pelas Terras de Bouro, a oeste por Póvoa do Lanhoso, a sul por Fafe, a sudeste por Cabeceiras de Basto e a este por Montalegre, do distrito de Vila Real.
Com uma área de aproximadamente 218,4 km2 tem 21 freguesias: Anissó, Anjos, Campos, Caniçada, Cantelães, Cova, Eira Vedra, Guilhofrei, Louredo, Mosteiro, Parada do Bouro, Pinheiro, Rossas, Ruivães, Salamonde, Soengas, Soutelo, Tabuaças, Ventosa, Vieira do Minho (Nossa Senhora da Conceição) e Vilar Chão. Em 2005, o concelho apresentava 14 506 habitantes.
O natural ou habitante de Vieira do Minho denomina-se vieirense.
A serra da Cabreira domina a paisagem de todo o concelho, com um relevo montanhoso, coberto por importantes áreas florestais de considerável valor ambiental. O clima de influência atlântica determina a ocorrência de valores significativos de precipitação que aumentam com a altitude.

História e Monumentos
Os principais monumentos de Veira do Minho são: Capela de Santo António, Capela da Senhora da Conceição, casas de Lamas, da Laje, da Cuqueira, da Torre e conjunto de casas da Praça de Guilherme de Abreu, Hospital da Santa Casa da Misericórdia, edifício dos Paços do Concelho de Ribeira de Soaz e Casa do Povo.

Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se duas feiras, uma semanal, às segundas-feiras, e outra anual, a Feira da Ladra, no primeiro sábado, domingo e segunda-feira de outubro.
A festa principal tem lugar a 15 de agosto, em homenagem à Nossa Senhora da Conceição. No primeiro domingo de junho realiza-se a romaria da Senhora da Fé e no terceiro a romaria de Nossa Senhora de Orde.
O feriado municipal é na segunda-feira a seguir à Páscoa.
As rendas, os bordados e os trabalhos em cobre são produtos representativos do artesanato das várias freguesias do concelho, sendo também referência obrigatória as mantas de retalhos, os trabalhos em lã, a cestaria, as crocas, as miniaturas em madeira, as alfaias agrícolas, a ferraria e a pirotecnia.

Economia
A economia de Vieira do Minho baseia-se na agricultura e na criação de gado, principalmente bovino. Num sistema caracterizado pela policultura, cultiva-se o milho e a batata, e produz-se o vinho verde. O pequeno comércio, a indústria de transformação de madeiras, a construção civil e os serviços completam as principais atividades do concelho. O turismo, assente no património ambiental, apresenta enormes potencialidades para o desenvolvimento económico. Este concelho desempenha um papel fundamental na produção energética do país, visto que aqui se localizam quatro aproveitamentos hidroelétricos - barragens da Caniçada, Ermal, Salamonde e Venda Nova.
Como referenciar: Vieira do Minho in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 04:25:24]. Disponível na Internet: