Vimioso

Aspetos Geográficos
O concelho de Vimioso, do distrito de Bragança, localiza-se na Região Norte (NUT II), no Alto Trás-os-Montes (NUT III). Está rodeado pelos concelhos de Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro e Macedo de Cavaleiros, fazendo também fronteira com a Espanha, a norte.
Concelho acidentado, é atravessado pelos vales profundos dos rios Sabor, Maçãs e Angueira. A área do concelho situa-se no planalto mirandês.
Possui uma área de 481,6 km2, distribuída por 14 freguesias: Algoso, Angueira, Argozelo, Avelanoso, Caçarelhos, Campo de Víboras, Carção, Matela, Pinelo, Santulhão, Uva, Vale de Frades, Vilar Seco e Vimioso.
Em 2005, o concelho apresentava 5134 habitantes.
O natural ou habitante de Vimioso denomina-se vimiosense.
História e Monumentos
Do património arquitetónico do concelho fazem parte o Solar dos Távoras, o castelo (séc. XIII), o pelourinho (séc. XVI), a Igreja Matriz e a Capela de São João (ambas do séc. XVII), em Algoso; os castros do Gago e da Cocoia, em Angueira; a Capela de S. Bartolomeu, os castros da Terronha e do Cerro Grande, em Argozelo; a capela joanina de Caçarelhos; a ponte romana sobre o rio Sabor e castro de Carção, em Carção; a igreja matriz (séc. XVI/XVII), o pelourinho (Idade Média), os castros de Botiqueira e do Vale de S. Miguel de Vimioso.
Tradições, Lendas e Curiosidades
As romarias municipais são as seguintes: a Festa de S. Bartolomeu. no dia 24 de agosto, e da Senhora das Dores, primeiro domingo de setembro, em Argozelo; a Festa de Santiago, no último domingo e segunda-feira de agosto, em Campo de Víboras; a Festa da Senhora das Graças, no último domingo de agosto, em Carção; as Festas de S. Lourenço, no dia 10 de agosto, e as Festas de Santa Bárbara e Nossa Senhora da Saúde, em agosto, em Vimioso.
O concelho tem feiras quinzenais nos dias 10 e 25 na vila de Vimioso, feiras mensais no dia 9 em Algoso, dia 13 em Vilar Seco, no dia 19 em Caçarelhos, no segundo domingo do mês em Carção, e uma feira anual na vila no dia 10 de agosto.
Vimioso tem como feriado municipal o dia 10 de agosto.
Como artesanato típico temos os trabalhos em cobre, tecelagem, cestaria, mármores, colchas e curtumes.
Economia
Economicamente é um concelho agropecuário, dedicado à criação de gado bovino e suíno e ao cultivo do centeio, da cevada, do milho, da oliveira, da vinha, da batata e do feijão.
No concelho existem minas de mármore, em Santo Adrião, e de volfrâmio, em Argozelo. A indústria está representada por empresas de construção civil e serralharias.
Como referenciar: Vimioso in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-18 13:03:15]. Disponível na Internet: