Vittorio Gregotti

Arquiteto italiano, Vittorio Gregotti nasceu em 1927, em Novara, na Itália. Formou-se em 1952 pelo Instituto Politécnico de Milão, iniciando pela mesma altura a atividade profissional associado aos arquitetos Lodovico Menegheti e Giotto Stoppino. Em 1974 funda o atelier Gregotti Associatti.
Além da atividade de projetista, Gregotti dedica-se à crítica de arquitetura e ao ensino, tendo tido uma considerável importância nos anos sessenta no debate sobre as alternativas ao Movimento Moderno, particularmente na sua publicação O território da Arquitetura (1966). Desde essa época vem desenvolvendo também uma obra de grande envergadura.
Na primeira fase da sua carreira procura encontrar vias em alguns modelos do Movimento Moderno mas, desde finais da década de sessenta, radicaliza a sua posição dando importância à composição formal do edifício e à relação com o sítio sem, no entanto, deixar de procurar a simplicidade nos resultados finais.
Embora o grosso da sua obra se encontre em Itália, obteve um grande reconhecimento internacional, tendo sido responsável por vários edifícios fora deste país, entre os quais o complexo desportivo e o estádio Des Costieres, em Nîmes, França, e o Centro Cultural de Belém (1989-94), em Lisboa, com o arquiteto Manuel Salgado.
É também professor de composição arquitetónica no Instituto Universitário de Arquitetura de Veneza.
Como referenciar: Porto Editora – Vittorio Gregotti na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-08 01:23:35]. Disponível em