Vozes d'alma

Coletânea de poesias representativas do imaginário poético da segunda geração romântica, apresentadas pelo autor, no prefácio, como as "recordações dum passado venturoso", datadas de "quando a existência era para [si] antes um sonho do que uma realidade". Na obra, dedicada a Alexandre Herculano, predomina o lirismo amoroso ("À minha Amélia", "Os meus martírios", "O meu recado"), associado aos motivos noturnos ("À lua") e fúnebres ("A estrela e a campa"), por vezes vertido sob a forma de balada medievalizante ("Gonçalo Hermingues", "Vingança dum árabe", "Saluquia"). A influência herculaniana faz-se sentir no tratamento de temas grandiosos, como a religião e a liberdade ("Deus!", "O livro dos astros").A segunda edição, de 1857, é ampliada.
Como referenciar: Vozes d'alma in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 06:19:02]. Disponível na Internet: