Wanda Ramos

Poetisa, tradutora e ficcionista angolana, nasceu em 1948, no Dundo, e faleceu em 1998. Licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras de Lisboa, foi tradutora profissional e colaborou em diversos jornais portugueses. Está representada nas antologias Experiência da Liberdade e Companheiro Vasco.
Revelou-se literariamente com a obra Percursos (do Luachimo ao Luena), Prémio de Ficção, em 1980, da Associação Portuguesa de Escritores. Destacam-se ainda na sua produção as traduções, como é o caso da obra de Michel Tournier, Sexta-feira ou a Vida Selvagem.
Como referenciar: Wanda Ramos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-02 19:55:40]. Disponível na Internet: