William C. Williams

Escritor norte-americano, nascido em 1883 e falecido em 1963, foi pediatra durante vários anos em New Jersey. O exercício desta profissão afetou profundamente a carreira literária deste autor que, nos tempos de estudante, convivera com Ezra Pound.
Os seus primeiros trabalhos, Poems e The Tempers, pertencem ao movimento dos imagistas, contudo, Williams afastou-se desta corrente em prol do que nomeou de "Objetivismo". A sua produção poética abrange poemas minimalistas como "The Red Wheelbarrow" e composições mais longas e ousadas como "Paterson".
De entre as suas obras destacam-se: o volume de poesia, Pictures from Brueghel, a coleção de contos The Farmers' Daughters e a coletânea de ensaios In the American Grain, nos quais explora a natureza da literatura norte-americana e a influência do puritanismo na cultura dos Estados Unidos da América.
Apesar de gozar de uma elevada reputação no seu país de origem, a sua produção literária era virtualmente desconhecida em Inglaterra até 1950. Hoje, Williams é considerado pela crítica como um dos mestres do Modernismo.
Como referenciar: William C. Williams in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:42:14]. Disponível na Internet: