William Crookes

Físico e químico britânico, nascido em 1832 e falecido em 1919, que se notabilizou tanto no campo da física como no da química. Crookes nasceu em Londres e estudou no Royal College of Chemistry desta cidade sob a orientação de August von Hofmann.
Inventou o radiómetro de Crookes, instrumento cuja importância se deve ao facto de pôr em evidência a teoria cinética dos gases. Dedicou-se ao estudo dos raios catódicos e da radioatividade. Inventou o vidro de Crookes para proteger os olhos dos trabalhadores fabris das radiações intensas e um tubo que continha gás rarefeito, mais tarde designado por tubo de Crookes, que lhe permitiu estudar as descargas elétricas em gases, a baixa pressão.
Crookes descobriu o tálio, determinou as suas propriedades e os seus compostos.
Os interesses de Crookes eram muito diversificados, incluindo nas suas publicações tanto estudos sobre análise química como sobre tingimento e pintura de tecidos ou manufatura do açúcar a partir da beterraba.
Como referenciar: Porto Editora – William Crookes na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-29 01:59:27]. Disponível em