WiMax

A tecnologia WiMax baseia-se no conjunto de especificações "IEEE 802.16" para comunicação de banda larga sem fios, ao longo de grandes distâncias, em alternativa às ligações por cabo ou ADSL.
De forma similar ao funcionamento de uma rede Wi-Fi, a tecnologia WiMax permite a ligação sem fios por uma variedade de formas entre pontos geograficamente dispersos entre si, desde uma comunicação ponto por ponto até uma ligação móvel, dentro de uma grande área de cobertura.
Pelas suas características, o WiMax não necessita de uma "linha de visão" direta, ou seja, não é obrigatório que o equipamento recetor da transmissão esteja posicionado na direção da estação-base emissora: em condições normais, um sistema WiMax consegue atingir velocidades de transferência de dados até 40 MB por segundo, ao longo de toda a área num raio de 3 a 10 quilómetros. Em ligações muito próximas, podem conseguir-se velocidades na ordem dos 70 Mbps, e, em condições ideais a nível de clima, obstáculos físicos, e outros, podem chegar-se a distâncias superiores aos 40 quilómetros de alcance, neste caso com um evidente compromisso da velocidade de transmissão.
Este tipo de tecnologia tem já diversas aplicações a serem consideradas, desde a ligação de múltiplos "hotspots" de Wi-Fi entre si, criando vastas áreas de cobertura, até ao providenciar uma alternativa económica e sem fios para regiões mais afastadas geograficamente, onde não seria viável para as empresas de telecomunicações e fornecedores de acesso à Internet chegar recorrendo ao cabo ou ADSL.
Num cenário diferente, pode também ser usada para, por exemplo, transformar uma cidade inteira numa "área de rede metropolitana sem fios", ao garantir uma completa cobertura em todo o perímetro urbano.
Como referenciar: WiMax in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 16:48:07]. Disponível na Internet: