Windhoek


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Namíbia, Windhoek localiza-se na parte central do país, na região de Khomas, numa elevação com cerca de 1650 metros. Fica rodeada por um anel montanhoso, a cerca de 280 km para leste do oceano Atlântico. Faz parte de uma região de clima semi-desértico, possuindo dias muito quentes no verão e noites frias. Possui cerca de 230 000 habitantes (2006).

História e Monumentos A povoação de Windhoek surgiu em meados do século XIX, quando o capitão Jan Jonker Afrikaner se estabeleceu junto a uma grande nascente de água quente. Contudo, apenas em 1890 se fundou a cidade atual, quando o alemão Von François começou a construir um forte, que hoje é conhecido por Velha Fortaleza ("Alte Feste"). O seu desenvolvimento foi lento, apenas com alguns edifícios essenciais e pequenas explorações agrícolas, mas acelerou a partir de 1907, com a imigração de colonos de outras partes da Namíbia, da Alemanha e da África do Sul. A era colonial alemã acabou com a Primeira Guerra Mundial. Em 1915, a cidade foi ocupada por tropas sul-africanas e nos anos que se seguiram foi administrada por um governo militar sul-africano, o que provocou a sua estagnação. A seguir à Segunda Guerra Mundial, o desenvolvimento intensificou-se, e a partir de 1955 foram realizadas importantes obras públicas, incluindo escolas, hospitais, estradas e outras infraestruturas básicas. Em 1990, com a independência da Namíbia em relação à África do Sul, Windhoek torna-se a capital de um país independente e as novas oportunidades geram desenvolvimento.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Windhoek é uma cidade movimentada e multicultural, caracterizada pela coexistência do melhor de dois ambientes: um ao estilo europeu e outro mais africano. Projetando uma imagem favorável para turistas ou investidores, a cidade é uma das melhores de África ao nível das telecomunicações, facilidades bancárias e infraestruturas para conferências. Merece destaque o Mercado de Tukondjeni, onde se pode adquirir praticamente tudo. Outro ponto de interesse é a Praça das Nações Unidas, construída para comemorar os 50 anos da instituição, que alberga um complexo multidesportivo e de serviços. É considerada a cidade mais limpa de África.


Economia
Centro administrativo, cultural e económico do país, a cidade destaca-se nas áreas do desenvolvimento tecnológico. É também um importante centro de comércio de peles de ovelha. O turismo é outra atividade importante. É servida pelo aeroporto internacional de Hosea Kutako.
Como referenciar: Windhoek in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-21 16:07:09]. Disponível na Internet: