Winona Ryder

Atriz norte-americana, batizada com nome da cidade onde nasceu (Winona, no Minnesota), Winona Laura Horowitz nasceu no dia 29 de outubro de 1971. Cedo se apaixonou pela Sétima Arte, talvez influenciada por sua mãe que geria um cinema. Aos 13 anos, mudou-se com os pais para São Francisco e começou a frequentar um conservatório de Artes Dramáticas. Estreou-se no cinema com um pequeno papel no melodrama Lucas (1986), contracenando com Charlie Sheen. A sua interpretação não passou despercebida ao realizador Tim Burton que a convidou para participar na comédia Beetlejuice (Os Fantasmas Divertem-se, 1988), que se tornaria um êxito. Winona voltaria a convencer os críticos, desta vez num papel dramático, interpretando a verídica figura de Myra Gale, uma adolescente de 13 anos que se envolveu romanticamente com o cantor Jerry Lee Lewis (interpretado por Dennis Quaid), em Great Balls of Fire! (Rock de Fogo, 1989). A partir daí, a carreira da atriz solidificou-se: contracenou com o seu namorado de então, Johnny Depp, no mítico Edward Scissorhands (Eduardo Mãos-de-Tesoura, 1990) e foi a filha de Cher na comédia Mermaids (A Minha Mãe é Uma Sereia, 1990). Depois de recuperar duma depressão nervosa causada pelo excesso de trabalho, foi uma presença constante em grandes produções: no Bram Stoker's Dracula (Drácula de Bram Stoker, 1992), de Francis Ford Coppola, interpretou uma dama vitoriana que o Conde Drácula (Gary Oldman) acredita ser a reencarnação da sua falecida esposa. Em seguida, alcançou uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz Secundária com The Age of Innocence (A Idade da Inocência, 1993), onde encarnou May Welland, uma mulher da grande sociedade nova-iorquina do século XIX, cujos sonhos de felicidade ao lado do noivo (Daniel Day-Lewis) se estilhaçam quando este a trai com a sua prima (Michelle Pfeiffer). Após ter estado em Portugal para filmar The House of the Spirits (A Casa dos Espíritos, 1994), voltou às nomeações para os Óscares, desta vez como atriz principal no exigente papel de Jo March em Little Women (Mulherzinhas, 1994), uma adaptação do romance de Louisa May Alcott, na qual maravilhou as plateias com o seu retrato duma jovem rebelde que se rege pela fantasia, desafiando as convenções sociais. Perdeu, no entanto, o prémio para Jessica Lange. Participou posteriormente em outros sucessos como The Crucible (As Bruxas de Salém, 1996), Alien: Resurrection (Aliens 4 - A Ressurreição, 1997) e Girl, Interrupted (Vida Interrompida, 1999), o qual também produziu. Em 2001, foi presa, sob a acusação de furto qualificado. A atriz confessou ser cleptomaníaca e foi sujeita a diversos tratamentos.
Regressou ao cinema, ao lado de Adam Sandler, em Mr. Deeds (2002).
Como referenciar: Winona Ryder in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-22 03:08:52]. Disponível na Internet: