Yaoundé


Aspetos Geográficos
Capital e segunda maior cidade dos Camarões, Yaoundé localiza-se ligeiramente para sudoeste da parte central do país. Situada a cerca de 750 metros de altitude, rodeada de belas colinas, usufrui de um clima equatorial, caracterizado por temperaturas amenas ao longo de todo o ano e baixas amplitudes térmicas (diárias e anuais). Possui cerca de 1 500 000 habitantes (2006).

História e Monumentos A cidade foi fundada em 1888 como posto militar alemão, desenvolvendo-se por ação de comerciantes alemães como base do comércio de marfim e também como centro de pesquisa agrícola. Foi ocupada pelas tropas belgas durante a Primeira Guerra Mundial e, depois de se tornar um protetorado de França, em 1922, tornou-se a capital dos Camarões franceses. Manteve esse estatuto quando o país se tornou independente, em 1960, com a exceção do período 1940-1946 (em foi substituída como capital pela cidade de Douala). O seu crescimento foi lento, acelerando-se em 1957 em virtude da crise do cacau e de problemas internos. A catedral é um dos seus monumentos mais distintos.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
O centro da cidade alberga edifícios governamentais, alguns grandes hotéis e o mercado central, notando-se bastantes influências europeias ocidentais. Na área de Bastos ficam as embaixadas estrangeiras, uma grande comunidade de europeus expatriados e casas de luxo dos camaroneses mais abastados. O palácio presidencial situa-se na área de Etoudi. Outros locais de destaque são a Praça 20 de maio e o Museu de Arte dos Camarões, o Museu Nacional e o Museu Afhemi. A cidade alberga também diversos institutos de ensino e de investigação, incluindo uma escola de Administração e Direito, e também uma escola de Jornalismo.


Economia
Yaoundé é essencialmente uma cidade terciária. Existem, contudo, algumas pequenas indústrias: pão, tabaco, mecânica, materiais de construção, etc. É também o centro administrativo, financeiro e de comunicações do país, funcionando como centro de comércio regional para produtos como o café, cacau, cana-de-açúcar ou borracha. É servida pelo aeroporto internacional de Yaoundé-Nsimalen.
Como referenciar: Yaoundé in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-14 14:13:59]. Disponível na Internet: