Yasujiro Ozu

Realizador japonês, nasceu a 12 de dezembro de 1903, em Tóquio, e morreu, na mesma cidade, em 1963. Em 1923, entrou no mundo cinematográfico como assistente de câmara. Estreou-se na realização com Zange no Yaiba (1927). Ozu, aos poucos, absorveu a cultura cinéfila americana e demonstrou-o em filmes como Hijosen no Onna (1933), Shukujo Wa Nano o Wasureta Ka (1937), ou Banshun (Primavera Tardia, 1949). Porém, o seu filme mais visível a nível internacional foi Tokyo Monogatari (Era Uma Vez em Tóquio, 1953), a história de um casal de terceira idade que é repudiado pelos filhos. Em 1959, voltou ao drama psicológico com Ukigusa, a história de um diretor de teatro ambulante que visita uma ilha remota onde tinha deixado um filho ilegítimo. O seu último filme foi Sanma No Aji (1962).
Morreu em Tóquio, no seu dia de aniversário, vítima de cancro, em 1963. Ainda hoje Ozu é considerado como o mais genuíno dos realizadores nipónicos, pela forma como conseguiu retratar a classe média japonesa.
Como referenciar: Yasujiro Ozu in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-24 20:02:48]. Disponível na Internet: