Zhu Xi

Pensador chinês, nasceu por volta de 1201, em Yu Xi, na província de Fujian, na China, e faleceu em 1272, quando tinha setenta e um anos de idade, também naquela província chinesa.
É considerado um dos cinquenta pensadores mais influentes no desenvolvimento do segundo milénio d. C., de acordo com a opinião de milhares de especialistas mundiais. É, pois, um nome de referência da cultura mundial. Foi ainda muito novo shijiang, conselheiro e professor do Imperador chinês, depois de ter servido como funcionário do estado durante nove anos. Fundou mais de cinquenta escolas na China para além de academias, em especial na montanha de Wuyi, o seu lugar mítico por excelência e onde ainda se encontra um templo a ele dedicado. Teve milhares de discípulos e escreveu mais de setenta obras, num total de 460 tomos escritos. A sua obra mais divulgada, O Ensino Familiar Zhu Xi (tradução livre), aborda os deveres de cada membro da família, perante esta e perante a sociedade, bem como as relações inter-familiares. Morreu ainda a escrever. A sua filosofia impregnou-se no sentimento nacional chinês, na cultura e na família, permanecendo ainda hoje, como uma das matrizes intelectuais e operativas da mesma.
Como referenciar: Zhu Xi in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-25 15:39:41]. Disponível na Internet: