Livros e Autores

Weyward

Emilia Hart

O perigo de estar no meu perfeito juízo

Rosa Montero

Os segredos de Juvenal Papisco

Bruno Paixão

Bom português

gratuito ou gratuíto?

ver mais

isenção ou insenção?

ver mais

precariedade ou precaridade?

ver mais

moinho ou moínho?

ver mais

verosímil ou verosímel?

ver mais

convalescença ou convalescência?

ver mais

incerto ou inserto?

ver mais

bolos-reis ou bolos-rei?

ver mais

< voltar
< 1 min

apócope

Fenómeno fonético de supressão de fonema ou sílaba no final de palavra. Este fenómeno, muito frequente na evolução das línguas, é responsável pela mudança fonológica de muitos vocábulos em português desde o latim, como se pode observar nos exemplos que se seguem:
faci(t) > faz(e) > faz
star(e) > estar
dar(e) > dar
"Alevantando um pouco, mui seguro"
(Camões, Os Lusíadas, I, 37)
A apócope é ainda visível no português oral contemporâneo na supressão que habitualmente se faz do <e> [E] átono em sílaba final:
['Kov] → (<couve>)
[Kõtét] → (<contente>)
['sÈt'AnuS] → (<sete anos>)
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – apócope na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2023-06-05 20:51:47]. Disponível em
Livros e Autores

Weyward

Emilia Hart

O perigo de estar no meu perfeito juízo

Rosa Montero

Os segredos de Juvenal Papisco

Bruno Paixão

Bom português

gratuito ou gratuíto?

ver mais

isenção ou insenção?

ver mais

precariedade ou precaridade?

ver mais

moinho ou moínho?

ver mais

verosímil ou verosímel?

ver mais

convalescença ou convalescência?

ver mais

incerto ou inserto?

ver mais

bolos-reis ou bolos-rei?

ver mais