Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

Auto da Visitação (ou Monólogo do Vaqueiro)

Apresentada à família real portuguesa (rei D. Manuel, rainha D. Maria, rainha Velha Dona Lianor, infanta D. Beatriz (mãe do rei) e sua filha a Duquesa de Bragança) numa data particularmente festiva (nascimento do príncipe João, futuro D. João III), este auto foi a primeira obra de Gil Vicente.
Personagens: Gil, Brás, Lucas, Silvestre, Gregório e Mateus.
Argumento: Este auto apresenta uma "visitação" (visita habitualmente feita pelo rendeiro ao seu senhor, com o objetivo de lhe oferecer presentes. Estas visitas eram feitas por alturas do Natal).
Ao entrar na sala, o Vaqueiro apresenta os seus companheiros e os respetivos presentes (leite, ovos e queijos) para o príncipe recém-nascido.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Auto da Visitação (ou Monólogo do Vaqueiro) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-15 20:08:08]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais