Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Duarte de Brito

São escassos ou nulos os dados biográficos relativos a este poeta palaciano coligido no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende. O corpus poético de Duarte de Brito compreende composições individuais de temática amorosa, preferencialmente longas, batidas pelos paradoxos do sentimento amoroso, mas sobretudo por um tom de desespero e lamento que explora com angústia a antítese vida/morte. Tributária de Dante, via El Infierno de los Enamorados do Marquês de Santillana uma das composições mais importantes de Duarte de Brito, "em que / conta o que a ele e a ou- / tro ll'aconteceo com ûu Roussinol e / muitas cosas / que vio.", é, em muitos aspetos, precursora de Bernardim Ribeiro. Com efeito, a expressão exacerbada da desventura dos namorados através de inúmeras variações sobre a tristeza e a dor de amor, o canto do rouxinol, o isolamento do sujeito poético numa natureza solitária e alegórica parecem anunciar na lírica deste poeta palaciano o ambiente literário que propiciou a criação da Menina e Moça.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Duarte de Brito na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-03 13:43:20]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais