Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

gestão financeira

Função da empresa que tem por objetivo efetuar a melhor aquisição possível de recursos financeiros, por forma a permitir o normal funcionamento da atividade produtiva da empresa.
Comporta tarefas de suma importância na gestão de qualquer empresa, como sejam: a captação de fundos (ao menor custo e nas melhores condições possíveis), a determinação da estrutura financeira mais adequada, a política de dividendos, a gestão da liquidez, a preparação das contas a apresentar anualmente, a averiguação das várias hipóteses de investimento, a efetivação desses mesmos investimentos, a gestão do orçamento anual e a sua repartição pelos vários setores da empresa.
Uma distinção importante é a de gestão financeira de curto e de longo prazo.
A gestão financeira de curto prazo ou de tesouraria concretiza-se na coordenação dos vencimentos de débitos e créditos (que implicam pagamentos e recebimentos, respetivamente), por forma a que a empresa nunca deixe de pagar o que deve no prazo acordado. Engloba a gestão das disponibilidades, dos créditos e débitos comerciais, dos stocks e das negociações de créditos de curto prazo.
Na hipótese de haver excedentes temporários de tesouraria, eles serão aplicados na melhor alternativa possível; na situação contrária (défice de tesouraria), haverá que obter o financiamento mais conveniente para o cobrir. Também estes atos são decisões de curto prazo.
A gestão financeira de longo prazo tem por missão atingir e manter a estrutura financeira ótima (o melhor equilíbrio possível entre capitais próprios e alheios, minimizando o custo do capital) e garantir uma boa rentabilidade para as aplicações da empresa. Naturalmente, essa estrutura ideal é variável consoante o setor em que a empresa opera. O objetivo é, sempre, o de maximizar o valor da empresa.
São atos de gestão financeira de longo prazo, por exemplo, análises de rentabilidade dos investimentos, escolha das fontes de financiamento alternativas para eles e decisões sobre a estrutura de capitais.
Por fim, refira-se que a função financeira pode ser, em termos sistemáticos, dividida em duas sub-funções: a de financiamento (obtenção de fundos) e a de investimento (aplicação de fundos).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – gestão financeira na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-28 03:15:01]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais