Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Jugendstil

O termo Jugendstil designa um movimento cultural alemão, com expressão fundamentalmente no campo das artes plásticas, formado em 1880, em Munique, desenvolvendo-se em simultâneo com os estilos congéneres da Arte Nova e do Modern-Style (o primeiro com significativa representação em França e o segundo surgido em Inglaterra).
O seu nome derivou da revista de Munique "Jugend" (mocidade) que era publicada, desde 1896, por Georg Hirth, traduz alguns dos princípios do movimento como o seu carácter inovador e jovem.
Procurando antes de mais estabelecer o corte com o passado imediato, dominado pelo estilo Guilhermino e pelos revivalismos historicistas de final de oitocentos, o Jugensdtil posicionou-se como uma corrente revolucionária pela vontade de mudar não só as formas mas os meios produtivos e a própria cultura alemã, cada vez mais uniformizada e mecanizada. A sua inspiração no movimento coevo da Arte Nova francesa, revelou-se na recuperação marcadamente decorativa, ainda que estilizada, do carácter formalista e exuberante da gramática curva do barroco e da decoração vegetal do romantismo.
A origem ideológica do movimento remonta ao trabalho teórico e filosófico do inglês John Ruskin (1819-1900). Em termos formais, a influência mais direta veio de Paul Gauguin, dos Nabis e de outros pintores simbolistas bem como das formas expressivas e sinuosas de Van Gogh e de Georges Seurat.
O Jugendstil apresentou duas tendências principais, com desenvolvimentos geográficos específicos. Uma delas, que era também conhecida por Secessão, encontrava-se sediada em Munique e surgiu em 1882, sendo pioneira na introdução das formas Arte Nova na Alemanha. Seguiu-se o grupo de Berlim, formado em 1899, tendo como presidente Mac Liebermann.
Tal como os movimentos congéneres da Arte Nova e do Modern Style, o Jugendstil encontra as suas mais interessantes manifestações no campo da arquitetura, das artes aplicadas (mobiliário, joalharia e vidros) e das artes gráficas (gravura e ilustração).
Franz von Stuck foi o mais notável pintor deste movimento (conhecido pelos seus retratos eróticos de mulheres), destacando-se ainda o trabalho do pintor Otto Eckmann.
Na arquitetura distinguem-se o arquiteto August Endell, que trabalhou em Munique, Bruno Taut, pioneiro no uso de grandes planos envidraçados, e o belga Henry van de Velde, autor do teatro do Werkbund.
A colónia de artistas de Darmstadt, formada de 1899, reuniu alguns dos principais artistas deste movimento e possibilitou a realização da primeira Gesamtkunstwerk (obra de arte total), que incluía o planeamento urbano, a arquitetura, a escultura, a pintura e as artes aplicadas.
O Jugendstil representa a mais significativa contribuição dos artistas alemães para a consolidação e o desenvolvimento das chamadas artes aplicadas (ou seja, daquilo que posteriormente se designou por Design), na transição do século XIX para o período modernista.
No entanto, um aspeto menos positivo e que terá determinado por parte da historiografia da arte uma apreciação negativa deste período foi a gradual transformação das suas propostas formais e estéticas num novo academismo fácil e superficial, que rapidamente caiu num barroquismo formalista que acompanhava a produção de banais objetos industriais.
O grupo desfez-se em 1925, no entanto, o Jugendstil apresentaria reprecussões importantes no desenvolvimento do futuro movimento expressionista do Die Brücke.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Jugendstil na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-18 22:01:07]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros