Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Kinshasa

Aspetos Geográficos
Capital da República Democrática do Congo, Kinshasa situa-se na margem sul do rio Congo, diretamente virada para outra capital africana, Brazzaville. Dá também nome a uma província do país. O seu clima é equatorial, caracterizado pelo calor e a humidade. É a terceira maior cidade de África, possuindo cerca de 7 500 000 habitantes (2005).
História e Monumentos
A cidade foi fundada como entreposto comercial em 1881, pelo explorador Henry Stanley. Na altura, chamou-lhe Léopoldville em honra do rei Leopoldo II da Bélgica, financiador da sua expedição. O local floresceu enquanto porto navegável do rio Congo, o que se intensificou em 1898 com a inauguração do caminho de ferro. Em 1929, tornou-se capital do Congo belga, substituindo a cidade costeira de Boma. Em 1965, Mobutu Sese Seko iniciou um processo de africanização dos nomes dos lugares, rebatizando a cidade como Kinshasa no ano seguinte. Apesar de ter crescido bastante sob a administração de Mobutu, Kinshasa sofreu também os seus excessos, incluindo uma corrupção generalizada. Em 1991, e depois em 1993, a cidade sofreu diversas pilhagens cujos reflexos se mantiveram por vários anos, pilhagens que foram consequência da crise económica originada por um sistema político corrupto e ineficaz.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
Kinshasa é uma cidade de contrastes, fazendo coexistir agradáveis áreas comerciais e residenciais, três universidades e diversos bairros de lata. Uma das principais áreas de Kinshasa é a Cidade da OUA, sede do governo. Outras são a zona de Matonge, conhecida internacionalmente pela sua vida noturna, e a área residencial de Gombe. Constituem também locais de interesse o Edifício Sozacom, o Hotel Memling, o mercado central, o Museu de Kinshasa e a Academia de Belas-Artes de Kinshasa. A Avenida 30 de junho faz a ligação entre as principais áreas da cidade. Próximo da estação central, fica também o impressionante edifício do Ministério dos Transportes, construído pelos chineses.

Economia
A economia da cidade é débil, assim como a do país, apesar da sua riqueza natural. O seu porto é responsável por uma parte importante do comércio interno e internacional. Como centro administrativo e cultural do país, é sede de diversos canais de rádio e televisão. É servida pelo aeroporto internacional de Kinshasa.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Kinshasa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-07 08:49:24]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros