Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Kuala Lumpur

Aspetos Geográficos
Capital da Malásia, Kuala Lumpur situa-se no interior do país, a 30 km do estreito de Malaca, que corresponde à confluência entre os rios Kelang e Gombak. É a única cidade do mundo com uma floresta milenar dentro dos seus limites. O seu clima é equatorial: quente e soalheiro, mas com chuvas intensas na monção que vai de abril a setembro. É a maior cidade do país, com cerca de 1 500 000 habitantes (2005).
História e Monumentos
Aspeto parcial da cidade
Edifício do Sultão Abdul Samad
Istana Negara, residência Real
Vista parcial de Kuala Lumpur, na Malásia
Centro de Informação Cultural
Mesquita Masjid Jame
A cidade foi fundada em 1857, começando por ser um acampamento destinado à mineração de estanho. A localidade cresceu rapidamente e tornou-se o centro económico do estado de Selangor, a região mais desenvolvida do país. Em 1895, foi escolhida para capital dos Estados Federados da Malásia. Neste período, a comunidade multirracial que a compunha instalou-se em diversos locais, ficando a Praça do Mercado como o centro de comércio da cidade. Os chineses instalaram-se à volta deste local e para sul. Para norte, ficaram os malaios, e próximos deles os indianos. Para oeste, o Padang era a sede da administração britânica. A cidade continuou a crescer e em 1957 deixou de ser administrada pelos britânicos, mantendo-se como capital da Federação Malaia até 1963, altura em que a Malásia conquistou a independência. Ganhou estatuto de cidade em 1972 e tornou-se território federal em 1974. O edifício mais emblemático da cidade é constituído pelas Torres Gémeas Petronas, um dos mais altos edifícios do mundo.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
Kuala Lumpur é um grande centro de atividades culturais, destacando-se o Museu Nacional, que oferece coleções de diversas artes. A Galeria Nacional de Arte e a Galeria de Arte Petronas são outros centros culturais de destaque. Outros locais de interesse turístico são os enormes Jardins do Lago (situados próximo do parlamento nacional); o Mercado Central; o Olho da Malásia (roda panorâmica gigante); a Mesquita Nacional (edifício pós-moderno completado em 1965) que serve de mausoléu para os líderes malaios; uma magnífica estação de caminhos de ferro vitoriana; o Parlamento (finalizado em 1963); o Monumento Nacional (Tugu Negara), que homenageia os que morreram nas lutas malaias pela independência; e a Istana Negara (residência oficial dos reis), entre muitos outros. É também conhecida na Malásia apenas por KL.

Economia
A cidade é o centro económico e cultural do país. Possui uma densa rede de transportes e uma grande quantidade de órgãos de comunicação social. O Triângulo Dourado é o centro de comércio da cidade, local onde se situam as Torres Petronas, e também um local de destaque na vida noturna. As feiras e convenções são eventos que constituem pontos fortes das ofertas da cidade: o Putra World Trade Center (o maior centro de convenções do país) e o Kuala Lumpur Convention Centre são dos mais destacados nesta área. Outras atividades económicas importantes são as indústrias alimentares, a borracha, a eletrónica e os produtos químicos.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Kuala Lumpur na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 00:12:07]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros