Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Mandei-lhe Uma Boca

Tendo como pano de fundo espácio-temporal a burguesia lisboeta, as suas ambiguidades e contradições, no rescaldo da Revolução de abril de 1974, este romance é construído na íntegra a partir do diálogo implícito de uma adolescente, Sara, com uma interlocutora, Riva, cujas réplicas são mantidas em surdina. Salta para primeiro plano, na organização discursiva, a reconstituição de uma oralidade, no que ela possui de recurso a registos de língua familiar, a anacolutos, a suspensões, a repetições, a bordões linguísticos, que reduz em absoluto a oposição entre linguagem quotidiana e linguagem literária, e, na anulação desta antinomia, produz um sentido ideológico de recusa de divórcio entre escritor e sociedade. Este romance surge como indagação sobre o devir do Portugal pós-revolucionário, visto a partir de uma voz representativa da "busca de identidade e de perspetivas de realização de largos setores da juventude dentro dos limites de três grandes polos referenciais: 1) a sua relação com uma geração que a precede e (in)forma; 2) o seu inevitável envolvimento (atração/repulsa) na História portuguesa a partir de abril; 3) a marca ideológica desse duplo trajeto no contexto classista da sociedade portuguesa." (MARTINS, Manuel Frias - Sombras e Transparências da Literatura, Lisboa, INCM, 1983, p. 151.)
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Mandei-lhe Uma Boca na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-13 19:45:00]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros