Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Prémio Nobel

Os prémios Nobel foram fundados por Alfred Nobel, químico, engenheiro e industrial sueco (1833-1896). Em 1895, Nobel doou a sua fortuna à fundação que tem o seu nome, definindo o objetivo de distinguir personalidades importantes em diversas áreas, independentemente de critérios como a nacionalidade, a raça, a religião e a ideologia.

Os prémios Nobel são atribuídos àqueles que durante o ano anterior tenham prestado um valioso contributo à humanidade nos setores da Física, da Química, da Fisiologia e Medicina, da Literatura, da Paz e da Economia.
Alfred Nobel
O escritor português José Saramago, nascido em 1922, Prémio Nobel da Literatura em 1998
Retrato do Prof. Egas Moniz por Henrique Medina, 1950
A Madre Teresa de Calcutá foi galardoada, em 1979, com o prémio Nobel da Paz
Alexander Fleming, bacteriologista escocês, responsável pela descoberta da penicilina e Prémio Nobel da Fisiologia e da Medicina em 1945
Theodore Schultz, economista norte-americano, Prémio Nobel da Economia em 1979

Os prémios começaram a ser distribuídos a 10 de dezembro de 1901, cinco anos após a morte do fundador. Até 1969, eram cinco os prémios instituídos, e eram atribuídos por quatro instituições (três suecas e uma norueguesa): a Real Academia das Ciências da Suécia (Física e Química), o Real Instituto Médico-Cirúrgico Carolina (Medicina), a Academia Sueca (Literatura), sediadas em Estocolmo, e o Comité Norueguês do Nobel (Paz), com sede em Oslo.

Em 1969 foi atribuído pela primeira vez o Prémio Nobel da Economia, que está a cargo da Academia das Ciências.

Todos os prémios consistem numa medalha de ouro, um diploma e uma quantia em dinheiro, e constituem a mais prestigiante distinção internacional nos domínios a que correspondem.

As cerimónias de entrega realizam-se em Estocolmo, à exceção da que diz respeito à entrega do Nobel da Paz, que tem lugar em Oslo, a 10 de dezembro, data do aniversário da morte de Alfred Nobel.

Na história dos Nobel, Portugal obteve duas atribuições. O mérito foi para Egas Moniz (1874-1955), que recebeu o Prémio Nobel da Medicina em 1949 e para José Saramago, que recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1998.

Ao longo dos tempos, alguns prémios foram rejeitados, devido a proibições impostas por determinadas entidades governamentais aos cidadãos dos respetivos países. Em 1937, Hitler proibiu os alemães de receberem prémios Nobel, porque considerou uma afronta a atribuição do Nobel da Paz a Carl von Ossietzky, em 1935.

Os Nobel não são atribuídos quando não existem candidatos nomeados ou quando não existe informação suficiente, como aconteceu nas duas guerras mundiais.



Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Prémio Nobel na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-03 09:01:49]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros