Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

prosa

Termo que designa um discurso oral ou escrito que não emprega estruturas métricas, transposição de palavras ou características rítmicas próprias da poesia. O traço distintivo entre prosa e poesia é a musicalidade desta e a maior utilização de processos imagísticos, como a metáfora.
Na prosa, há que distinguir a prosa literária da não-literária. Para ser literário, um texto tem de revelar uma intenção estética e não apenas comunicativa.
Para caracterizar a prosa, outros aspetos têm ainda de ser tidos em conta. O primeiro elemento a referir é a figura do sujeito que é entendida, na prosa, como a expressão do "não eu", isto é, o sujeito procura os seus interesses numa realidade exterior, fora do referente e do referido. A personagem ou personagens são os "outros", ao contrário do que acontece geralmente na poesia. Um outro aspeto a salientar é a linguagem predominantemente denotativa da prosa, utilizando um discurso analítico, objetivo, real e pouco ambíguo. A prosa não apresenta divisões rítmicas intencionais, pois a sua preocupação principal não é a transmissão da emoção pela musicalidade, mas a expressão do pensamento e do pormenor, através de estruturas sintáticas lógicas e claras, desenvolvendo-as num processo de continuidade coerente e coeso. Ao contrário da poesia que tem predominantemente uma função poética, a prosa possui várias funções. Na prosa reconhecem-se diferentes formas: narrativa, oratória, poética, ensaística, científica, dramática, informativa, epistolar, entre outras.
De referir que alguns textos escritos em prosa são considerados prosa poética, dada a musicalidade, o ritmo e os processos imagéticos que o autor imprimiu ao texto. A prosa poética apareceu no século XVIII, no Romantismo, encontrando um grande desenvolvimento a partir do Simbolismo.
Relativamente ao poema em prosa, trata-se de uma forma de texto que constitui uma dualidade, tal como o próprio nome indica: o primeiro termo refere-se à matéria (poesia) e o segundo, à forma, que graficamente, apresenta a disposição da prosa. Pode encontrar-se exemplos de poemas em prosa em Baudelaire, Mallarmé, Óscar Wilde, Carlos Drummond de Andrade, Octávio Paz, Pablo Nureda, Marinetti, entre outros escritores.
Mencione-se que Molière, numa cena da peça de teatro Le Bourgeois Gentilhome, explica a diferença entre prosa e poesia, com o objetivo de satirizar a ignorância de um fidalgo endinheirado que pretendia ser cortesão.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – prosa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-28 08:37:01]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais