cobra-d'água

co.bra-d'á.gua
kɔbrɐˈdaɡwɐ
nome feminino
1.
ZOOLOGIA designação comum, extensiva a diferentes serpentes de hábitos aquáticos, que se alimentam pequenos peixes, girinos, etc.; enídride
2.
ZOOLOGIA (Natrix maura) serpente da família dos Colubrídeos, presente em Portugal, vive junto a rios, lagoas ou cursos de água existentes em prados ou zonas florestais, pode atingir cerca de 80 centímetros de comprimento e apresenta coloração muito variável, cujo aspeto mais característico é a existência de uma banda escura em ziguezague ao longo do corpo; cobra-d'água-viperina, cobra-de-água-viperina
3.
ZOOLOGIA (Natrix natrix) cobra terrestre e aquática, de distribuição africana e eurasiática e existente em Portugal, pode atingir cerca de dois metros de comprimento e apresenta cabeça grande e bem diferenciada do resto do corpo e coloração variável – geralmente cinzenta, esverdeada ou acastanhada no dorso e esbranquiçada ou acinzentada no ventre, com manchas escuras irregularmente distribuídas e, quase sempre, duas manchas mais claras na zona da nuca, dispostas em forma de colar; cobra-aquática-de-colar, cobra-d'água-de-colar, cobra-de-água-de-colar
Como referenciar: Porto Editora – cobra-d'água no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-19 15:59:40]. Disponível em