África

É o segundo maior continente. Tem uma área de 30 217 000 km2 e ocupa 1/5 do solo terrestre. Atravessado pela linha do equador, o continente africano estende-se por 8000 km, de norte a sul, e por 7360 km, de leste a oeste. Encontra-se limitado pelo mar Mediterrâneo, a norte, pelo oceano Atlântico, a oeste, pelo mar Vermelho e pelo oceano Índico, a leste, e pela confluência dos oceanos Atlântico e Índico, a sul.

O clima de África é fortemente influenciado pelo facto de este continente ser atravessado quase a meio pela linha do equador e estar compreendido na sua maior parte entre os trópicos. É um continente bastante quente, onde os climas se individualizam mais pelas variações pluviométricas do que pelas térmicas, à exceção das extremidades norte e sul, de clima mediterrânico.
A partir do equador para norte e para sul, o clima passa de equatorial para tropical e desértico quente. Nas zonas mais altas o clima é de altitude e nas zonas temperadas o clima é mediterrânico. Ao largo da costa africana existem várias ilhas: no oceano Índico, Madagáscar, uma das maiores ilhas do mundo, as Seychelles, Socotorá, as Comores, as Maurícias e Reunião; no oceano Atlântico, os arquipélagos de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Madeira e Canárias.

As principais formas do relevo africano são a Cordilheira do Atlas a norte, as Montanhas do Draken a sul, A Planície do Congo, o Planalto da Etiópia e o Grande Vale do Rift.

Apenas 6% do solo africano é arável, mas o subsolo alberga importantes recursos minerais. Em termos de reservas mundiais, o continente africano possui aproximadamente 8% do petróleo, 27% da bauxite, 29% do urânio e 20% do cobre. Também tem cerca de 2/3 do total de fosforites, de ferro, de manganésio, de crómio, de cobalto, de platina e de titânio.

A nível económico, a África é uma região que se encontra em vias de desenvolvimento. Os países mais desenvolvidos são a África do Sul e os que se situam no norte, junto ao Mediterrâneo. A Costa do Marfim, o Gabão, Reunião, o Quénia, os Camarões, o Gana, o Zimbabwe, a Namíbia e as Maurícias são também países que apresentam algum desenvolvimento.

A agricultura é o setor económico mais importante, embora seja quase sempre de subsistência. A maior parte dos Estados africanos tem uma balança comercial negativa.

A 25 de maio, comemora-se o Dia de África e a 20 de novembro o Dia da Industrialização de África.
Como referenciar: África in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-02-20 06:54:14]. Disponível na Internet: