agentes económicos

Consideram-se agentes económicos os sujeitos (ou grupos de sujeitos) de um qualquer país que intervêm no seu circuito económico. Têm funções económicas diferentes (em termos de produção, consumo, investimento), estabelecendo entre si diversas relações de índole económica.
São habitualmente referidos cinco grupos de agentes económicos:
- as famílias, que obtêm rendimentos de uma atividade produtiva, aplicando-os em consumo de bens e serviços e em poupança; - as empresas de atividades não-financeiras, que produzem bens e prestam serviços;
- as instituições financeiras, cujas principais atividades são a captação de poupanças e a concessão de empréstimos para aplicações produtivas;
- o Estado, com as suas funções de administração pública, de coleta de impostos e de gestão da segurança e das prestações sociais;
- finalmente, os países estrangeiros (exterior), com os quais os agentes económicos nacionais estabelecem, num quadro de economia aberta, relações económicas.
A Contabilidade Nacional mede as relações que estes cinco conjuntos de entidades estabelecem entre si.
Como referenciar: agentes económicos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-17 00:47:25]. Disponível na Internet: