Akureyri

É uma cidade portuária do norte da Islândia, com cerca de 16 000 habitantes em 2004, situada ao fundo do fiorde de Eyjafjordur, de 60 km de comprimento, no mar da Gronelândia. É a terceira maior cidade da Islândia, depois de Reiquejavique e Kópavogur.
Parece uma cidade dos Alpes suíços, pois as montanhas junto à cidade estão quase sempre cobertas de neve, e é também um importante centro de desportos de inverno.
Uma das características mais extraordinárias de Akureyri é o seu clima ameno, apesar de distar apenas 100 km do Círculo Polar Ártico. Tem um dos melhores climas da Islândia: no verão, as temperaturas chegam aos 20 ºC, tornando a cidade o destino mais popular para os fins de semana dos cidadãos da capital. Uma das mais conhecidas atrações da cidade são os jardins botânicos, onde mais de 2000 espécies de plantas florescem sem a ajuda de uma estufa.
Pode ser considerada uma "capital cultural", dada a existência de diversos museus, tais como o de História Natural, o de Folclore e casas-museu de alguns poetas da cidade.
As suas principais atividades industriais são as conservas de peixe e de produtos agrícolas, a reparação naval e os têxteis.
Como referenciar: Akureyri in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 17:56:29]. Disponível na Internet: