Alex Garland

Escritor inglês, Alexander Garland nasceu na cidade de Londres no ano de 1970. Filho do célebre caricaturista político Nick Garland - com quem aprendeu a desenhar - e de uma psicanalista, aproveitou os seus tempos livres do estudo para trabalhar, com o intuito de economizar fundos para poder viajar.
Assim, aos dezassete anos de idade, partiu para a Índia, permanecendo cerca de seis semanas em Caxemira e Ladakh. Do mesmo modo, passou seis meses nas Filipinas ao terminar o ensino secundário na University College School. Em 1992 obteve um diploma em História da Arte pela Universidade de Manchester e, entre frequentes incursões ao Sudeste da Ásia, tentou durante algum tempo seguir a carreira de artista gráfico. Acabou no entanto por se deixar fascinar pela relativa facilidade com que a literatura pode veicular diálogos. Começou por isso a escrever, trabalhando ocasionalmente como ilustrador e jornalista independente.
Em 1996 publicou o seu primeiro romance, The Beach (A Praia), obra que constituiu um sucesso de vendas imediato e internacional, e que valeu a Garland o Prémio Betty Trask. O livro conta a história de Richard, um jovem viajante de vinte e poucos anos que, deambulando pela Tailândia recebe, em herança de um companheiro de hotel que se suicidou, um mapa, que supostamente o deveria conduzir a uma praia deserta, longe dos enxames de turistas ocidentais. Parte, não sem ter juntado alguns amigos, e vem a descobrir que a praia é, afinal, uma comunidade utópica de aventureiros europeus e norte-americanos. Foi adaptado para o cinema no ano de 2000 pelo realizador Danny Boyle, com a participação de Leonardo DiCaprio no elenco.
Em 1999 surgiu Tesseract (O Tesseract), romance que intercalava três narrativas, cuja ação decorria nas Filipinas, e que descrevia as desventuras de Sean, um cidadão britânico que procura a todo o custo fugir às garras da máfia local, e que vai ter um encontro decisivo com os nativos filipinos. Nesta obra Garland procurou exprimir as suas ideias sobre o acaso e o destino através da falta de perceção que as suas personagens têm sobre os acontecimentos das suas vidas.
Como referenciar: Alex Garland in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-23 05:21:13]. Disponível na Internet: