Artigos de apoio

Alexandre Alves Costa
Arquiteto português, Alexandre Vieira Pinto Alves Costa nasceu em 1939, no Porto, e licenciou-se em Arquitetura na ESBAP - Escola Superior de Belas-Artes do Porto, em 1966.
Após ter estagiado no LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil, dedicou-se, a partir de 1970, à sua carreira como profissional liberal.
Desenvolve desde 1972 a sua atividade como docente na ESBAP, nas cadeiras de Projeto e História da Arquitetura, tornando-se Professor Catedrático da FAUP - Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, em 1996, tendo sido membro da Comissão Instaladora desta faculdade como presidente do Conselho Diretivo. Faz igualmente parte da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra desde 1991.
Participou em vários cursos, seminários, mesas-redondas e conferências em Portugal, Espanha, Itália, França, Holanda, Angola, Brasil e Canadá, com principal incidência em temas relacionados com o Ensino e a História da Arquitetura.
Dedica grande parte do seu tempo à docência e à investigação no campo da História e Teoria da Arquitetura, originando que grande parte da sua obra seja realizada em coautoria com vários arquitetos, no qual se destacam Sérgio Fernandez e Camilo Cortesão.
Entre 1974 e 1976, colabora na Comissão Coordenadora do SAAL/Norte (Serviço Ambulatório de Apoio Local), sendo responsável pelo setor de Planeamento e Apoio ao Projeto. O SAAL constitui um projeto, levado a cabo no pós-25 de abril, que apoiava, através de comissões formadas por equipas pluridisciplinares (arquitetos, sociólogos, entre outros) associações de moradores no intuito de melhorar as suas condições de habitabilidade, procurando a autoconstrução, dada a escassez de recursos, dando particular atenção às referências e necessidades de cada grupo de pessoas.
Herdeiro do legado de Carlos Ramos e da sua influência na reformulação do ensino da Arquitetura, compõe juntamente com Fernando Távora e Siza Vieira, entre outros, alguns dos princípios definidores da chamada "Escola do Porto".
Algumas das suas principais obras são: edifício habitacional em Massarelos, Porto (1971-1974); casa unifamiliar, Caminha (1973); Centro Social, Baião (1977-1982); jardim infantil, Moledo (1985); casa unifamiliar, Moledo (1988); escolas de Ciências e Ciências Sociais da Universidade do Minho, Guimarães; Projeto de Requalificação da Baixa Portuense, Zona Leste B, Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura.

Como referenciar: Alexandre Alves Costa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-09-22 07:17:11]. Disponível na Internet: