Alice Adams

Escritora norte-americana, Alice Adams nasceu a 14 de agosto de 1926, em Fredericksburg, no estado da Virgínia. Os seus pais, um professor universitário e uma escritora mal sucedida, divorciaram-se quando Alice era ainda uma criança, pelo que acompanhou a mãe na sua mudança para Chapel Hill, no estado da Carolina do Norte, onde cresceu. A mãe recitava-lhe poemas e procurou incentivá-la a prosseguir uma carreira como escritora.
Terminando o ensino secundário em Chapel Hill com apenas quinze anos de idade, Alice ingressou no Radcliffe College de Boston, obtendo o seu diploma em 1945. No ano seguinte casou com um antigo colega, mas a união revelou-se difícil. Ainda assim, e na tentativa de salvar o matrimónio, teve um filho em 1951. Enquanto cuidava da criança, Alice Adams começou a escrever, embora ainda sem uma direção e um método definidos. Acabou por se divorciar do marido em 1958, pelo que teve que recorrer a uma série de trabalhos administrativos e de secretariado, sobretudo inserida em consultórios médicos, para se poder sustentar a si e ao seu filho. Apesar de ter que enfrentar os preconceitos que a sociedade norte-americana dos anos 50 impunha a mulheres na sua condição, conseguiu publicar o seu primeiro conto no The New Yorker em 1959. Seguir-se-iam vinte e cinco para a mesma publicação, e muitos outros para periódicos como a Cosmopolitan, o reputado Atlantic Monthly, e a Paris Review, entre outros.
Em 1966 publicou o seu primeiro romance, com o título Careless Love, obra que revelava um retrato preciso da vida das mulheres norte-americanas, antecipando certas mudanças na sociedade contemporânea. Recusava o estereótipo de que a mulher deve fingir uma ligeira estupidez e ignorância para atingir os seus propósitos, atitude que havia sido popularizada sobretudo com a figura de Marilyn Monroe.
Seguiram-se Families And Survivors (1975), Listening to Billie (1978), Rich Rewards (1980) e Superior Women (1984), romance tido pela crítica como um dos seus melhores, e em que contava a história de cinco mulheres diplomadas por Radcliffe. Em 1979 publicou uma primeira compilação dos seus já célebres contos, com o título Beautiful Girls (1979), que continuou a reunir em To See You Again (1982), Return Trips (1985) e After You've Gone (1989).
Em 1980 foi convidada a lecionar na Universidade de Davis e, em 1982 foi galardoada com o Prémio O. Henry para Sucesso Contínuo. A crítica privilegiou o aparecimento dos romances subsequentes, de que se destacam Almost Perfect (1993), A Southern Exposure (1995) e Last Lovely City (1999).
Alice Adams faleceu em São Francisco a 26 de maio de 1999, enquanto dormia, vítima de complicações cardíacas. Nesse mesmo ano foi publicado a título póstumo, After The War (1999), romance situado na Carolina do Norte após a Segunda Guerra Mundial.
Como referenciar: Alice Adams in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-10 06:42:36]. Disponível na Internet: