Andrivy Shevchenko

Futebolista internacional ucraniano, nascido a 29 de setembro de 1976, em Dvirkivschyna, na Ucrânia, foi eleito o melhor jogador europeu de 2004.
Quando tinha nove anos teve de mudar de casa com a família, que vivia perto da central nuclear de Chernobyl, onde ocorreu um grave acidente, em abril de 1986.
Ainda nesse ano, Shevchenko iniciou a sua carreira de futebolista, ao ser chamado para representar as camadas jovens do Dínamo de Kiev, um dos clubes mais poderosos da União Soviética. Depois de se ter destacado como goleador nas equipas jovens do clube, na temporada 1994/1995 estreou-se na formação sénior. A sua primeira participação no campeonato ucraniano ocorreu a 28 de outubro de 1994, frente ao Shakhtar Donetsk, e cerca de um mês mais tarde marcou o seu primeiro golo, numa partida contra o Dnipro. O avançado viria a sagrar-se campeão da Ucrânia pela primeira vez, feito que repetiu nas quatro temporadas seguintes.
Ainda em 1994/1995, Shevchenko participou, e marcou golos, na Liga dos Campeões, a mais importante prova europeia de clubes. Com apenas 19 anos, estreou-se na seleção da Ucrânia, numa partida em que esta perdeu frente à Croácia por 4-0.
Os inúmeros golos apontados por Shevchenko, tanto na Ucrânia como nas competições europeias, chamaram a atenção de grandes clubes europeus. Acabou por ser contratado pelo AC Milan, de Itália, em 1999. Logo na primeira época em Itália, 1999/2000, o avançado ucraniano sagrou-se o melhor marcador do campeonato com 24 golos.
A nível coletivo só em 2002/2003 conquistou os primeiros títulos, graças aos triunfos do AC Milan na Liga dos Campeões e na Taça de Itália. Na temporada seguinte, 2003/2004, voltou a ser o melhor marcador, de novo com 24 golos, e sagrou-se ainda campeão de Itália. Ainda nessa época, ganhou a Supertaça europeia de clubes, marcando o golo da vitória do AC Milan sobre o FC Porto. Em dezembro de 2004 acabou por ser eleito o melhor futebolista da Europa. Ainda nesse ano, recebeu o título de Herói da Ucrânia, entregue pelo presidente do seu país, Leonid Kuchma.
Em 2004/2005 voltou a chegar com o AC Milan à final da Liga dos Campeões, mas deste vez perdeu, frente ao Liverpool, no desempate através de grandes penalidades.
Shevchenko foi um dos jogadores da Ucrânia convocados para representar o seu país no Campeonato do Mundo de Futebol de 2006, na Alemanha.
Como referenciar: Andrivy Shevchenko in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-26 08:20:57]. Disponível na Internet: