António André

Futebolista português, António Santos Ferreira André nasceu a 24 de dezembro de 1957, nas Caxinas, em Vila do Conde, no seio de uma família de pescadores. Ainda em pequeno optou pela carreira de futebolista, em vez de seguir a tradição familiar. Começou por jogar nos escalões inferiores, no Ribeirão, mas em 1979 ingressou no Varzim Sport Clube, da Póvoa de Varzim, uma equipa da I Divisão. Nesta formação, destacou-se como médio defensivo e, desde logo, chamou a atenção dos responsáveis pelo Futebol Clube do Porto. Apesar das primeiras negociações para a contratação do jogador terem falhado, o FC Porto insistiu e, em 1984, André trocou o Varzim pelo clube das Antas. Chegou assim ao FC Porto com 26 anos, pela mão do treinador Artur Jorge.
Atuando como médio defensivo, logo na primeira época ao serviço do FC Porto, conquistou o título nacional. Em 1985/1986 repetiu o feito, sempre como titular da formação do Porto. Nesta temporada estreou-se na seleção de Portugal, tendo sido um dos jogadores convocados para o Mundial de 1986, que decorreu no México. Neste torneio, André participou em dois jogos. O futebolista jogou regularmente na seleção tendo totalizado 19 internacionalizações até 1992. A época 1986/87 ficou marcada pela conquista, por parte do FC Porto, da Taça dos Campeões Europeus, a mais importante competição europeia a nível de clubes. André foi titular no jogo da final, em que os portistas derrotaram por 2-1 os alemães do Bayern de Munique.
André abandonou a competição no final da temporada 1994/1995, quando já contava 37 anos. Durante os onze anos que serviu o FC Porto como jogador, ganhou sete campeonatos e três Taças de Portugal. A nível internacional, para além da Taça dos Campeões Europeus, venceu também a Taça Intercontinental (1987) e a Supertaça Europeia (1988). Foi regularmente titular até à época 1991/1992, ou seja até aos 34 anos.
Depois de abandonar a competição, André tornou-se treinador, mantendo a sua ligação ao FC Porto. Como adjunto de Fernando Santos foi campeão em 1998/1999. Em 2002/2003 foi um dos adjuntos de José Mourinho, numa época em que o FC Porto ganhou o campeonato, a Taça de Portugal e a Taça UEFA, seguindo-se em 2003/04 a conquista da Liga dos Campeões.
Como referenciar: António André in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-11-18 16:58:16]. Disponível na Internet: