As Doze Tribos de Israel

As Doze Tribos de Israel (Ruben, Simeão, Judá, Zebulão, Isacar, Asher, Neftáli, Efraim, Manassé, Gad, Benjamim e Levi) ligam-se à Palestina, situada a sul da Síria. Geograficamente, a Palestina é dividida pelo rio Jordão de norte a sul em duas zonas, uma mais fértil, a oeste, e outra rochosa e estéril, a oriente, e é limitada a norte pela cadeia do Líbano e a sul pelo Mar Morto.
Era neste território, chamado Canaã no II milénio, que habitavam os Cananeus, de língua semita. As suas áreas férteis foram sempre cobiçadas por outros povos, nomeadamente os Egípcios, que acabaram por subjugar a Palestina e a Fenícia no III milénio. Fruto da perda da Palestina pelo Egito no II milénio, o território foi lentamente povoado por tribos hebraicas sob o nome de Israel. Os métodos de ocupação utilizados eram o da redução à escravatura das populações autóctones ou o do estabelecimento em áreas desabitadas ao lado dos Cananeus. Nem todas as tribos chegaram ao mesmo tempo. A tribo de Judá e as tribos vizinhas que habitavam a região semi-desértica do Sul mantiveram-se durante muito tempo sob a forma de clãs, mas, com a alteração dos seus modos de vida (de pastores e nómadas passam a agricultores), tornaram-se numa comunidade de vizinhança. Com a ameaça e invasão de outros povos ao longo dos séculos XII e XI, principalmente os Filisteus, houve a necessidade de as tribos israelitas formarem um único Estado. À frente da primeira iniciativa está Saul, que, chefiando as diversas tribos, combateu os Filisteus. Após a morte de Saul, é David, pertencente à tribo de Judá, que dá continuidade a esse desejo e concretiza-o com a união de todas as tribos israelitas do Sul e do Centro de Canaã sob o seu poder. Expulsou os Filisteus no início do século X a. C. O Estado que saiu desta união é conhecido por reino de Israel ou de Judá.
Como referenciar: As Doze Tribos de Israel in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 17:08:38]. Disponível na Internet: