Bonga

Cantor angolano, Bonga Kwenda nasceu em 1942, em Barceló de Carvalho (Angola).
Começou por ser campeão dos 400 metros de corrida, detendo mesmo um recorde durante dez anos, e mais tarde foi jogador de futebol no Benfica durante os anos 60.
Apesar do regime restrito salazarista, Bonga, com o estatuto de atleta, pode movimentar-se com facilidade no estrangeiro, o que lhe permitiu levar mensagens entre combatentes pela liberdade que estavam exilados e compatriotas em Angola. Tal facto levou a que, desde cedo, Bonga começasse a cantar, evocando a necessidade de independência. Nos momentos mais exaltantes do processo de independência do seu país, Bonga viu-se forçado a exilar-se em Roterdão, onde gravou o seu primeiro disco, Angola 72, e, posteriormente, a exilar-se em Paris. Depois da independência, estabeleceu-se em Lisboa, possuindo, para além disso, uma residência em Paris e outra em Angola.
Tendo realizado concertos em vários países estrangeiros, foi na Europa que se tornou no embaixador da música semba, um ritmo de Angola. Bonga produziu mais de 15 discos, entre os quais Paz em Angola (1991), Katendu (1994), Mulemba xongola (2000) e Kaxexe (2003).
Como referenciar: Bonga in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-22 15:23:39]. Disponível na Internet: