Celtic Glasgow

O clube escocês de futebol Celtic Footbal Club foi fundado em 1887 pela comunidade irlandesa e católica que se instalou em Glasgow. Tratou-se de uma iniciativa do padre Wilfred, que quis arranjar ocupação para os jovens que andavam pelas ruas.
A 28 de maio de 1888 realizou-se o primeiro jogo a sério, contra os protestantes do Glasgow Rangers, e o Celtic ganhou por 5-2. A partida teve lugar no Celtic Park, construído sem encargos pelos operários católicos da zona.
Em 1888/89, o Celtic participou pela primeira vez em provas oficiais e chegou à final da Taça da Escócia, onde foi derrotado pelo Third Lanark.
Em 1892, o Celtic era já um clube profissional e, nesse mesmo ano, ganhou pela primeira vez a taça escocesa, para na temporada seguinte triunfar no campeonato. Na altura, brilhava na equipa McMahon.
Entre 1905 e 1910, o Celtic ganhou seis campeonatos consecutivos, mas depois só voltou a triunfar em 1914, quando já se destacava na equipa o jovem talento Peter Gallaher. A equipa era treinada por Willie Maley, que assumira as funções em 1888 e só as abandonou em 1940.
Depois de uma pausa por causa da Segunda Guerra Mundial, o futebol escocês voltou à atividade em 1947. Só em 1951, o Celtic regressou aos títulos com um triunfo na Taça da Escócia num jogo em que bateu o Motherwell perante mais de 130 mil espectadores. Três anos mais tarde, o clube dos católicos voltou a vencer um campeonato. Entretanto, surgiu uma pausa nos triunfos que durou até 1966. Mas, nesse ano, o Celtic partiu para a conquista de nove triunfos consecutivos no campeonato.
Pelo meio, em 1967, o Celtic, treinado por Jock Stein, sagrou-se campeão europeu de clubes após bater na final, disputada em Lisboa, os favoritos do Inter de Milão. Foi a primeira equipa britânica a conseguir este feito. Nesse mesmo ano, foi integrado no plantel um jovem jogador, de origem protestante, chamado Kenny Dalglish, que só em 1970 se estreou na equipa principal, e logo no primeiro jogo marcou seis golos. Viria a ser uma das principais estrelas do Celtic, assim como da seleção escocesa.
A partir de 1975 o Celtic partilhou o domínio do futebol escocês com o Glasgow Rangers e entre 1988 e 1998 atravessou um período de nove anos sem triunfar no campeonato. Foi nessa altura, mais precisamente nas temporadas 1995/96 e 1996/97, que alinhou no Celtic o avançado português Jorge Cadete. Em 1997 Cadete foi o melhor marcador do campeonato escocês.
Quanto ao Celtic, voltou aos triunfos no campeonato na temporada 1997/1998 e em 2002/2003 chegou à final da Taça UEFA, onde foi batido pelo FC Porto. O craque da equipa era o sueco Henrik Larsson.
Como referenciar: Porto Editora – Celtic Glasgow na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-08-01 07:29:19]. Disponível em