Emiratos Árabes Unidos

Geografia
Federação de sete emiratos na costa oriental da península Arábica, que constituem monarquias autónomas: Abu Dhabi (ou Abu Zaby), Ajman, Ash Shariqah (ou Sharjah), Dubai (ou Dubayy), Al-Fujayrah, Ra's al-Khaymah e Umm al-Qaywayn (ou Quwayn). Abrange uma área total de 82 880 km2. Faz fronteira com o Qatar, a noroeste, a Arábia Saudita, a oeste e a sul, e Omã, leste; o golfo Pérsico, a norte, e o golfo de Omã, a nordeste, banham a sua costa.
A população das principais cidades era, em 2004: 940 600 habitantes no Dubai, 560 400 em Abu Dhabi, 449 900 em Ash Shariqah, 160 800 em Ajman e 109 000 em Ra's al-Khaymah.
Clima
O clima é semidesértico no litoral e desértico no interior. As temperaturas no inverno são amenas e no verão são muito elevadas. Na faixa costeira, a humidade é muito elevada.
Economia
Os Emiratos Árabes Unidos têm uma economia baseada na extração de petróleo e gás natural. As indústrias manufatureiras englobam o cimento, o alumínio e os produtos alimentares. Os projetos de irrigação, baseados em gigantescas instalações de dessalinização, que transformam a água do mar em água potável, permitiram a prática da agricultura fora dos oásis. Os produtos cultivados são a tâmara, o tomate, a beringela, a couve, o limão, a lima, a abóbora, a couve-flor, o pepino, o pimentão e a manga. Os principais parceiros comerciais dos Emiratos Árabes Unidos são o Japão, o Reino Unido, a Alemanha e os Estados Unidos da América.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita, (toneladas métricas,1999) é de 31,3.
População
A população é de 2 602 713 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 30,93 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 18,96%o e 4,4%o. A esperança média de vida é de 75,44 anos. Estima-se que, em 2025, a população seja de 3 270 000 habitantes. Os árabes representam 87% da população, sendo a população árabe originária dos Emiratos apenas 31%; a restante população é composta, sobretudo, por indianos e paquistaneses.. A religião maioritária é a muçulmana sunita (80%), seguida dos muçulmanos xiitas (15%); os cristãos apenas representam 5% da sociedade. A língua oficial é o árabe.
História
Embora o país seja muçulmano, não existem fanatismos. Por exemplo, aqueles que não são muçulmanos estão autorizados a consumir bebidas alcoólicas.
Em 1972, os sete emiratos aboliram os seus governos independentes e juntaram-se numa federação (à exceção do Bahrein e do Qatar que continuam a ser independentes). O país é atualmente governado por um primeiro-ministro que é assistido por um Conselho Federal da nação.
Os Emiratos Árabes Unidos integraram a OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) em 1967.
Como referenciar: Porto Editora – Emiratos Árabes Unidos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-14 04:52:27]. Disponível em