Fernando Seara

Autarca e político português, nasceu em 1956, em Viseu. Aos dez anos foi viver para Lisboa para frequentar o Colégio Militar, mas regressou a Viseu para fazer os últimos anos do liceu.
Mais tarde, deu-se o retorno à capital onde ingressou na Faculdade de Direito, tendo sido colega de turma de Durão Barroso e Pedro Santana Lopes. Já no Instituto de Ciências Sociais e Políticas, conheceu Adriano Moreira, ex-ministro de António Oliveira Salazar, de quem se tornou assistente. A ligação à política surgiu aqui, já que Adriano Moreira o levou para secretário-geral do Centro Democrático Social. No entanto, quando Adriano Moreira abandonou o partido, Seara acabou por fazer o mesmo.
Fernando Seabra doutorou-se, entretanto, com uma tese sobre "O Parlamento no Sistema Político Português". Em janeiro de 2001, tomou posse como presidente da Câmara Municipal de Sintra, após ter batido nas eleições autárquicas de dezembro anterior a autarca local, a socialista Edite Estrela. Seara encabeçou uma coligação PSD/CDS, tendo aproveitado a popularidade que tinha ganho na televisão, no programa "Jogo Falado", da Radiotelevisão Portuguesa, onde integrava um grupo de comentadores fixos, cada um afeto a um dos três grandes clubes de futebol portugueses.
Candidatou-se a deputado à Assembleia da República como independente nas listas do PSD.
Fernando Seara casou com Judite de Sousa, a conhecida jornalista da RTP.
Como referenciar: Fernando Seara in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-17 18:33:38]. Disponível na Internet: