Franklin Stahl

Biólogo e geneticista norte-americano, Franklin William Stahl nasceu a 8 de outubro de 1929, em Boston, no estado de Massachusetts.
Formou-se pela Universidade de Harvard, em 1951, e obteve o doutoramento pela Universidade de Rochester, em 1956. Frequentou um curso sobre biologia molecular dirigido por James Watson e Francis Crick, no Laboratório de Biologia Marinha, em Woods Hole (estado de Massachusetts), onde conheceu Matthew Meselson.
Em 1957, Stahl e Meselson criaram a técnica de centrifugação em gradiente de densidade e usaram-na para demonstrar a natureza semiconservativa da replicação do ADN, tal como já tinha sido sugerido, em 1953, por Watson e Crick, pioneiros no estudo do ADN. Em 1961, Stahl e Meselson, juntamente com Sidney Brenner e François Jacob, provaram que o ribossoma não só necessita de instruções, a fim de poder produzir proteínas, como pode criar proteínas diferentes daquelas normalmente produzidas por uma célula particular. Conseguiram ainda atestar que é o ácido ribonucleico mensageiro (ARNm) que fornece as instruções aos ribossomas. Stahl dedicou-se igualmente ao estudo da genética dos bacteriófagos.
A partir de 1970, Franklin Stahl tornou-se docente em Biologia Molecular, na Universidade de Oregon e investigador no Instituto de Biologia Molecular, debruçando-se sobre os mecanismos de recombinação genética.
Como referenciar: Franklin Stahl in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 02:00:15]. Disponível na Internet: