Frederik de Klerk

Político sul-africano, Frederik Willem de Klerk nasceu a 18 de março de 1936, em Joanesburgo. Como dirigente do Partido Nacional, integrou diversos governos e ocupou a Presidência do país entre 1989 e 1994. A ele se deve o fim do apartheid e a reforma da constituição que passava a basear-se no princípio "um homem, um voto", a legalidade do Congresso Nacional Africano (ANC), a libertação de muitos presos políticos, entre os quais Nelson Mandela. Partilhou o Prémio Nobel da Paz, em 1993, com o nacionalista negro e líder do ANC Nelson Mandela, por ter ajudado a estabelecer um sistema democrático não-racial na África do Sul. Em 1994 realizaram-se as primeiras eleições livres e multirraciais da África do Sul. Abandonou a liderança do Partido Nacional e a vida pública em 1997. Dois anos depois, publicou a sua autobiografia intitulada The Last Trek - A New Beginning (1999) e dedicou-se à Fundação F. W. de Klerk cujo objetivo é a paz nas sociedades divididas por questões culturais, étnicas, religiosas e linguístas.
Como referenciar: Frederik de Klerk in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 02:36:24]. Disponível na Internet: