Genesa

Deus da Sabedoria, do Destino, do Matrimónio e protetor do lar (como também do Matrimónio), para além de comandante das "tropas divinas", deus da religiosidade, da castidade, protetor das letras e das ciências, inspirador de pensadores. Tem como função transmitir a Shiva os desejos e as orações dos homens. Os hindus atribuem a este deus a invenção da matemática e da astronomia. É descendente de Parvati (deusa dos montes) e de Shiva (terceira personagem da trindade hindu). Hierarquicamente era colocado depois do Trimurti. Era conhecido também como Vinaiaga (o grande mestre); Gainavada (senhor das reuniões); Gaidjanana (cabeça de elefante) e Lambodara (o do ventre grande). É uma divindade ambivalente, oscilando entre a bondade e o terror.
Existem inúmeras lendas sobre a conceção e aparição deste deus. Segundo a tradição popular, Genesa nasceu com cabeça de elefante. Conta uma das lendas que, estando Parvati para dar à luz, uma manada de elefantes se aproximou e Parvati, afligindo-se com a situação, trouxe ao mundo o deus com cabeça de elefante. Uma outra lenda conta que Genesa, pleno de soberba, lutou com o seu pai Shiva, que tendo-o entretido com Maya (a Ilusão), fez com que os deuses, num ato cruel, cortassem a cabeça do seu filho. Parvati jurou vingança a Shiva, intervindo junto dos deuses, que acabaram por ressuscitar o filho vencido, embora não tenham encontrado a cabeça, acabando por a substituir por uma cabeça de um elefante (símbolo da Inteligência).
Genesa surge em algumas imagens com quatro braços e um ventre enorme, com uma serpente à volta e a cavalo num rato. Algumas vezes na tradição hindú esta luz não surge com Shiva mas sim com Vishnú, Skanda (ou Kartikeia). A luta com Skanda, segundo a tradição, está relacionada com a prioridade do matrimónio. Foi casado com Sidhhi e Rudhi (o "sucesso" e a "inteligência") e destes casamentos descenderam Lackcha e Labha. Esta divindade foi adotada pelos cristãos que permaneciam em Goa, na época da Expansão Portuguesa na Índia. Permanece ainda atualmente no panteão hindu.
Como referenciar: Genesa in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-03-04 21:48:22]. Disponível na Internet: