Gotthold Ephraim Lessing

Crítico e dramaturgo alemão, Gotthold Ephraim Lessing nasceu em 1729, em Kamenz (Oberlausitz), e morreu em 1781, em Braunschweig. Fez os primeiros estudos em Meißen e os estudos superiores em Leipzig, onde aprendeu, em convívio com artistas de teatro, os pormenores da técnica do palco.
Começa a sua carreira de escritor com canções estudantis e poesias anacreônticas, com epigramas e fábulas à moda de Esopo e Fedro, e com pequenas peças teatrais, de que é exemplo O Jovem Erudito, publicado em 1747.
Verdadeiramente interessado por estudos de crítica literária e artística, publica em 1755 Miss Sara Sampson, tragédia burguesa; em 1767 Minna von Barnhelm, uma das obras-primas da comédia alemã; e, em 1766, Laocoonte ou Dos Limites da Pintura e da Poesia, estudo de crítica que alcança grande êxito, pois vem remoçar completamente a crítica de então, cortando com a regularidade da pintura e da poesia. Em 1767, já como dramaturgo, aceita o convite da cidade de Hamburgo para presidir à escolha dos autores e das peças que deveriam ser apresentadas no novo teatro, e escreve folhetins que mais tarde reúne num volume a que deu o título de Dramaturgia de Hamburgo (1787-1769), criando uma nova teoria dramática baseada nos autores da Antiguidade e em Shakespeare, e ataca com veemência a literatura francesa, cuja ascendência sobre os escritores alemães classifica de perniciosa. Ataca também Johann Gottsched (1700-1785), escritor e crítico alemão, e a rigidez do classicismo francês (unidade de espaço e de tempo, no drama) por ele defendida, e lança os fundamentos do drama clássico.
O insucesso do seu plano de fundar um teatro nacional determina a saída de Lessing de Hamburgo para Wolfenbüttel, onde ocupa o lugar de bibliotecário durante o resto da sua vida.
O seu espírito crítico, o seu amor à verdade, a sua compreensão da teoria da arte e da literatura e a sua linguagem clara dão-lhe grandes possibilidades no campo da crítica.
De 1759 a 1765 publica o trabalho crítico Cartas sobre a Literatura Contemporânea; com a publicação de Minna von Barnhelm (1767), Lessing apresenta o modelo de comédia alemã, e com o aparecimento, em 1772, de Emília Galotti, em prosa, funda o drama burguês; no drama ideológico Nathan, o Sábio, publicado em 1779, introduz o verso branco e apresenta várias normas relativas à literatura alemã.
Educação do Género Humano, uma série de cem aforismos de alto valor filosófico, é a última obra de Lessing, publicada em 1780, penúltimo ano da sua vida.
Como referenciar: Gotthold Ephraim Lessing in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:47:09]. Disponível na Internet: