Hector Yazalde

Jogador de futebol, Hector Casemiro Yazalde nasceu a 29 de maio de 1946, na Argentina. Desde jovem, Yazalde evidenciou uma paixão pelo futebol, começando a jogar aos 16 anos num pequeno clube local, o Pirana.
Yazalde logo se afirmou pelos seus dotes técnicos e facilidade em marcar golos, o que despertou o interesse de um clube com maiores dimensões, o Independiente Avellaneda, para onde se transferiu com apenas 20 anos. Ao serviço do Independiente, a fama e os golos de Yazalde ultrapassaram as fronteiras da Argentina e o avançado passou a ser cobiçado na Europa.
Em 1971, Hector Yazalde aceitou o convite do Sporting Clube de Portugal e deixou a Argentina. Em Portugal, o jogador rapidamente se tornou uma figura popular entre os adeptos do futebol, que lhe elogiavam não só as qualidades profissionais, mas também as humanas. Logo no primeiro ano ao serviço do Sporting, Yazalde marcou 28 golos e venceu uma Taça de Portugal. Mas foi na época de 1973/74 que Hector Yazalde inscreveu para sempre o seu nome entre os melhores avançados de todos os tempos. Ajudou o Sporting a ser campeão nacional e conquistou a Bota de Ouro, troféu atribuído ao melhor marcador da Europa, com 46 golos, marca que constitui um recorde absoluto nos campeonatos nacionais.
No ano seguinte, em 1975, marcou mais 30 golos com a camisola do Sporting, na sua última época em Portugal. Os golos fizeram dele um dos jogadores mais pretendidos na Europa e, em 1975, Yazalde assinou um milionário contrato com o Marselha, de França. Regressou depois à Argentina, em 1977, onde acabou a carreira de jogador ao serviço do Newell's Old Boys, em 1981, com 35 anos.
No dia 18 de junho de 1997, com 51 anos, Hector Casemiro Yazalde morreu em Buenos Aires, Argentina, devido a uma hemorragia e paragem cardíaca.
Como referenciar: Hector Yazalde in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 07:32:29]. Disponível na Internet: