Helena Blavatsky

Fundadora da Sociedade Teosófica, de nome completo Helena Petrovna Blavatsky, nascida a 12 de agosto de 1831, em Ekaterinoslav, Rússia meridional, e falecida a 18 de maio de 1891, em Londres. Os fenómenos mediúnicos dos irmãos Eddy (conhecidos na época pelos seus poderes no meio espírita) fazem-na encontrar H. S. Olcott, com quem funda a Sociedade Teosófica, em 1875, em Nova Iorque. Mudou-se para a Índia e, mais tarde, para Adyar (Madras).
Blavatsky afirmava ter poderes mediúnicos, através dos quais recebia a verdadeira doutrina de mestres ocultos nas montanhas do Tibete. A Teosofia proposta por aquela Sociedade pretendia dar um conhecimento direto de Deus ao homem, garantido - para quem seguisse as suas doutrinas - pelo facto de Deus ser imanente. É deste modo que se proclama um panteísmo místico que pretende reconhecer Deus nas coisas, na natureza.
A doutrina teosófica de Blavatsky afirma estar acima das diversas religiões, pois se julga a detentora do núcleo de conhecimento comum a todas elas. E, de facto, a todas elas recorre para justificar as suas doutrinas; desde o oriente ao ocidente, nada escapa a esta miscelânia místico-espiritualista.
Como referenciar: Helena Blavatsky in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 13:12:12]. Disponível na Internet: