Irene Papas

Atriz grega de nome verdadeiro Irene Lelekou, nasceu a 3 de setembro de 1926, em Chilimodion, Corinto. Aos 12 anos, entrou na escola de drama e, mais tarde, começou a sua carreira como cantora e dançarina em teatro de variedades e como vocalista na rádio. Fez depois diversas peças de teatro desde os clássicos da tragédia grega, onde interpretou Medeia e Electra, até ao teatro grego mais popular e contemporâneo dos anos 50. Em 1948, estreou-se no cinema num filme intitulado Hamenoi Ageloi, fazendo depois mais alguns filmes gregos. Em 1956, participou no western inglês Tribute to a Bad Man (Honra a Um Homem Mau), de Robert Wise, ao lado de James Cagney. Em 1961, entrou no filme de guerra Guns of Navarone (Os Canhões de Navarone), realizado por J. Lee Thompson, com Gregory Peck, David Niven e Anthony Quinn. Em 1962, protagonizou o drama épico Elektra, de Michael Cacoyannis, baseado na peça de Eurípides, trabalhando novamente com este realizador em 1964 no clássico Alexis Zorbas (Zorba, o Grego), onde interpretou o papel de viúva, contracenando com Anthony Quinn.
Em 1967, fez a sua estreia na Broadway com o musical That Summer, That Fall. No ano seguinte, participou no thriller The Brotherhood (Dois Irmãos Sicilianos), com Kirk Douglas e, no mesmo ano, fez de Penélope na mini-série L'Odissea, sobre as aventuras de Ulisses. No ano seguinte, fez de mulher de Yves Montand no thriller de Costa-Gavras Z, e de Rainha Catarina em Anne of the Thousand Days. Voltou a trabalhar com Michael Cacoyannis em 1971 numa adaptação da peça de Eurípides, The Trojan Women, no papel de Helena, cujo desempenho lhe valeu o prémio de Melhor Atriz do National Board of Review. Em 1977, participou em Iphigenia, também um clássico de Eurípides, onde interpretou o papel de Clitemnestra.
Irene Papas interpretou também algumas figuras bíblicas que ficaram na história como a de Zipporah na mini-série Moses the Lawgiver (1975), e na série realizada por Peter Hall Jacob (A Bíblia, 1994), onde fez de Rebeca. Em 1995, entrou na série The Odyssey (A Odisseia), um épico baseado no poema de Homero onde Papas tem o papel de Anticlea e contracena com Armand Assante, Greta Scacchi e Isabella Rossellini, entre outros. Em 1996, participou na comédia dramática de Manoel de Oliveira Party, com quem voltou a trabalhar em Inquietude (1998) e em Um Filme Falado (2003). Em 2001, participou em Captain Corelli's Mandolin (O Capitão Corelli), de John Madden, contracenando com Nicholas Cage, Penélope Cruz, John Hurt e Christian Bale.
Como referenciar: Irene Papas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-18 05:59:15]. Disponível na Internet: