João Lúcio de Azevedo

Historiador português, nasceu em 1855, em Sintra, e morreu em 1933.
Emigrou para o Brasil ainda muito novo, aí fazendo fortuna. Regressou alguns anos mais tarde a Portugal, consagrando-se a trabalhos de investigação histórica e a questões económicas. Através das suas pesquisas, ficou ligado a importantes figuras da sociedade portuguesa da época, como Gama Barros, Costa Lobo, Braamcamp Freire e David Lopes, entre outros. Ao mesmo tempo, tornou-se colaborador assíduo de várias revistas portuguesas e estrangeiras.
Foi um dos autores da História da Literatura Portuguesa Ilustrada e da História de Portugal dirigida por Damião Peres. A ele ficou a dever-se também a primeira História Económica. Na verdade, João Lúcio de Azevedo foi um pioneiro, no nosso país, de uma nova metodologia de investigação histórica, que fazia intervir conceitos económicos como elementos destacados para a compreensão do processo de constituição e evolução das sociedades.
Pelo seu mérito de investigador, João Lúcio de Azevedo foi reconhecido por diversas academias científicas, nomeadamente pela Real Sociedade de História de Londres e pela Academia das Ciências de Lisboa, de que foi membro.
Como referenciar: João Lúcio de Azevedo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-23 07:07:09]. Disponível na Internet: