Jornadas. Primeira parte - Do Tejo ao Mandovy

Volume de crónicas de viagem resultantes da época em que Tomás Ribeiro foi nomeado secretário-geral do governo da Índia e do percurso então feito por Espanha, França, Egito, Aden e Bombaim, até Goa. Preferindo a designação "jornadas" a "viagens" (já que não viajou "para instrução ou para recreio"), o autor apresenta-as como "apontamentos fugitivos", cuja finalidade de entretenimento iria a par da intenção patriótica de avivar "a lembrança de algumas das nossas glórias, tão cobertas por aí da ferrugem dos tempos, das invejas e das ingratidões". Notações paisagísticas, considerações sobre a cultura e a civilização da Índia, quadros históricos, fragmentos narrativos: de tudo existe nesta obra que ressuma, a espaços, um nacionalismo exacerbado, que chega nalguns pontos a repudiar o contacto com o estrangeiro.
Como referenciar: Jornadas. Primeira parte - Do Tejo ao Mandovy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-20 18:24:27]. Disponível na Internet: