José Carlos

Estilista português, José Carlos nasceu a 7 de setembro de 1950, em Luanda, Angola, e foi nesta antiga colónia portuguesa que, aos 16 anos, começou a trabalhar como cabeleireiro. Em 1974, veio para Portugal, onde em Lisboa continuou a sua atividade, tendo passado pelo instituto Isabel Queiroz do Vale de 1978 a 1981. Paralelamente, deu os primeiros passos como costureiro, um sonho que já trazia dos tempos da juventude em Angola. Começou por trabalhar no atelier da mãe do estilista Paulo Matos, mas logo em 1978 apresentou a primeira coleção no Hotel Ritz, em Lisboa, e não demorou muito a abrir o seu próprio atelier na capital. A par das suas roupas, José Carlos apresentou no Ritz uma linha de cabelo e maquilhagem, assim como criações para duas marcas de peles e sapatos.
Em 1986, José Carlos abriu a primeira loja em Lisboa, e para assinalar a inauguração organizou uma grandiosa passagem de modelos na FIL (Feira Internacional de Lisboa). No ano seguinte, deu início ao lançamento de várias linhas de acessórios e, até 1991, apresentou coleções de bijutaria, sapatos, cintos, carteiras e fatos de banho.
Em 1987, inaugurou uma escola de manequins, chamada "Showtime", que, contudo, encerrou ao fim de três anos, tanto devido à indisponibilidade de tempo de José Carlos, que já se repartia entre o seu gabinete e o cabeleireiro Ayer, como por causa do aparecimento de outras agências.
Em 1992, o costureiro decidiu criar um gabinete destinado à realização dos espetáculos da marca José Carlos, que, a partir do ano seguinte, se consolidou definitivamente no mercado nacional. José Carlos passou a apresentar coleções anuais de alta-costura e, simultaneamente, a criar vestuário exclusivo para artistas, principalmente da televisão, área onde já trabalhava com alguma regularidade desde 1981.
As criações de José Carlos só eram vendidas em Portugal. Realçam a silhueta feminina, recorrendo, de preferência, a cores como o branco, o vermelho, o roxo e o preto - a única cor que utilizava nas roupas que vestia diariamente. A nível internacional apreciava Valentino e Gianfranco Ferré.
José Carlos faleceu a 25 de agosto de 2004, em Lisboa.
Como referenciar: José Carlos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 18:09:46]. Disponível na Internet: